5 dicas para fazer um contrato de locação por temporada

Neste artigo, daremos cinco dicas bastante valiosas para fazer um contrato de locação por temporada seguro, evitando dores de cabeça no futuro. A modalidade de locação por temporada vem crescendo ano após ano em todo o mundo, tanto devido ao preço atrativo, como também, pelo fato de possibilitar a hospedagem de grupos nos mesmos locais que os residentes frequentam. É essencial fazer um contrato de locação por temporada antes de viajar. Jamais alugue um imóvel sem ter em mãos o contrato.

Dica 1: Minuta do contrato

Peça ao proprietário do imóvel sempre uma minuta do contrato de locação. Existem diversos modelos disponíveis na internet, de fácil acesso e adaptação. Caso o proprietário não tenha um contrato pronto, o inquilino pode propor seu próprio contrato, e desta forma as partes podem entrar em um acordo. Caso precise, em outro artigo fornecemos um modelo de contrato de aluguel por temporada.

Dica 2: Cláusulas de garantia

Assim como as obrigações de pagamento, datas, número de hóspedes, o contrato também precisa prever cláusulas de garantia em favor do hóspede. Imagine que você viaja por horas e horas, e quando chega na casa, se depara com falta de internet, infiltração, problemas na TV a cabo ou algo similar?

O contrato precisa prever um prazo limite para que o proprietário resolva determinados problemas, sob pena de multa, caso não haja solução.

Dica 3: Desistência

Imagine que você alugou uma casa em Búzios para o Carnaval, que é uma das datas mais concorridas do ano. É muito comum o proprietário, de ultima hora, decidir usar a casa com sua família, e assim desfazer o negócio. Todo contrato precisa prever a desistência, obrigando o proprietário a devolver a quantia que já foi paga, acrescida de uma multa. Isto reduzirá quase a zero as chances de desistências na locação por temporada, por parte do proprietário.

Dica 4: Consultar o CPF na receita federal

Antes de celebrar um contrato, devemos sempre consultar o CPF do proprietário na receita federal, confirmando seu nome completo e data de nascimento. Nunca alugue uma casa de alguem que esteja com CPF inativo.

A consulta é gratuita através deste link na receita federal.

Dica 5: Fale com o zelador ou síndico

É importante sempre telefonar para o zelador (ou síndico) do condomínio e confirmar se o proprietário é idôneo, e se sempre cumpre os contratos que faz. Pergunte também se os hóspedes saem satisfeitos do imóvel que alugam. Ninguem melhor do que o zelador para dar esta informação.

Estas são nossas dicas para alugar uma casa de temporada com sua família, e ter férias tranquilas e sem preocupação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *